X

O que é a Medicina Veterinária Integrativa?

Medicina Integrativa é a prática da medicina que reforça a importância da relação entre o paciente e o profissional de saúde, a partir de abordagens terapêuticas adequadas, com profissionais de saúde e disciplinas para obter o melhor da saúde e cura (health and healing). Medicina Integrativa não é sinônimo de Medicina Alternativa ou Complementar.

Entenda!

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina Veterinária Integrativa (ABMVI), a Medicina Veterinária Integrativa leva em conta uma abordagem orientada para um sentido mais amplo de cura, que visa tratar o paciente em seu todo: corpo, mente e espírito. Para isso, utiliza tratamentos convencionais e terapias complementares, visando o bem estar geral com qualidade de vida. Para isso, busca-se o sentido mais amplo da cura, visando tratar o paciente em sua totalidade (corpo, mente e espírito).

 

O que seria a Medicina Integrativa na área veterinária?

No caso da veterinária, reforça a relação entre o paciente, o tutor e o profissional da saúde, focando nos aspectos físicos, psicológicos, emocionais, espirituais, sociais e de estilo de vida. Para isso, faz uso de diversas abordagens terapêuticas, com a associação de tratamentos convencionais com terapias complementares como dietas nutricionais, massagens, fisioterapia, uso de florais, acupuntura, reiki, homeopatia, ayurveda, passe espiritual entre outras.

A Medicina Integrativa une todas as técnicas da medicina convencional à outras terapias que são consideradas alternativas. Isso inclui a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), Aromaterapia, Fitoterapia, massagem, meditação, imposição de mãos, entre outros.

 

Prevenção e tratamento de doenças em animais

A integratividade dos conhecimentos e técnicas da medicina convencional ou das medicinas complementares e alternativas permite promover e manter a saúde e a qualidade de vida do paciente, permitindo a prevenção e o tratamento de doenças. Assim, a Medicina Veterinária Integrativa nada mais é que uma abordagem médica que busca reunir o melhor de todas as técnicas para encontrar uma solução que amenize a dor e melhore a qualidade de vida do animal.

Saiba mais sobre algumas das técnicas utilizadas:

 

Homeopatia

Reconhecida como especialidade médica há décadas, a homeopatia busca diagnosticar as diversas suscetibilidades do paciente com o objetivo principal de evidenciar sintomas característicos que contribuam com a seleção do medicamento homeopático individualizado mais semelhante a este.

Após processo de ultradiluição seriada e dinamização de quantidades imponderáveis de substâncias oriundas dos reinos animal, vegetal ou mineral, os medicamentos homeopáticos podem agir equilibrando a força vital do indivíduo.

 

Cromoterapia

É conhecida desde a antiguidade e, quando utilizada com sabedoria, pode mudar estados emocionais, produzir harmonia e saúde para os seres vivos. A cromoterapia trabalha o nível físico e os níveis mais sutis. É uma técnica muito suave, mas intensa, que reequilibra a dinâmica natural da energia do organismo.

 

Ozonioterapia

Na área medicinal, o ozônio age como um antisséptico, anti-inflamatório, analgésico, modula o estresse oxidativo, melhora a circulação periférica, modula o sistema imunológico, a oxigenação, estimula a cicatrização e a epitelização. Ele possui propriedades bactericidas, fungicidas e contra vírus, por isso é muito utilizado em tratamento de feridas infectadas.

 

Nutrição funcional

É uma parte da nutrição que preza pelo cuidado da saúde a partir das possibilidades que a genética do indivíduo tem de manifestar determinadas doenças devido à sua alimentação e seu estilo de vida. Assim, utilizamos os alimentos como uma estratégia de silenciar os genes capazes de desencadear doenças (nutrigenômica) e estimulamos os genes a manifestar o seu melhor potencial (nutrigenética).

 

Reiki

É uma técnica de imposição de mãos com intenção de cura. A energia Reiki é definida como a energia cósmica que está dentro e fora de todos nós. O terapeuta reikiano nada mais é do que um canal por onde essa energia cósmica passa para chegar ao indivíduo que está recebendo o tratamento, seja ele uma pessoa, um animal ou um vegetal.

 

Acupuntura

O principal objetivo é trazer qualidade de vida para os animais e cura de diversas doenças. Muitas enfermidades são encaminhadas para a Acupuntura porque não possuem tratamento na medicina convencional. Alguns pacientes são encaminhados para o tratamento de alívio da dor – sejam eles pacientes jovens ou idosos.

Em muitos casos, precisariam utilizar medicamentos por longos períodos, trazendo malefícios para o órgão como o fígado e os rins. Com a acupuntura pode-se alcançar um efeito analgésico muitas vezes melhor, mais intenso, muito mais duradouro e sem nenhum efeito colateral.

 

Fitoterapia

Na medicina veterinária, os fitoterápicos são utilizados para tratar inúmeras patologias de forma mais saudável e sem agredir o organismo, além de aumentar a qualidade de vida dos animais. As vantagens conseguidas no tratamento com plantas medicinais são inegáveis: a ação biológica das plantas medicinais é eficaz, com baixa toxicidade e efeitos colaterais e deve ser aproveitada, uma vez que a natureza oferece gratuitamente a cura para as doenças.

 

Floral

Os medicamentos florais são capazes de tratar além do físico, considerando o ambiente, a mente, o comportamento e a espiritualidade como promotores de saúde e bem-estar. As principais formas de administração utilizadas para animais são oral (no alimento, na água ou direto na boca) ou tópica (borrifando no corpo).

 

Princípios da Medicina Integrativa

 

Leia abaixo os princípios da Medicina Integrativa (informações extraídas do site do Hospital Albert Einstein):

. A saúde é vista como um estado vital de bem-estar físico, mental, emocional, social e espiritual.

. O médico atua como parceiro no processo de cura e na saúde.

. As intervenções são dirigidas para tratar a doença, bem como para assistir a pessoa como um todo: abordando todos os aspectos que influenciam o processo da doença e da cura.

. Os pacientes são orientados a reconhecer, administrar e diminuir os fatores estressantes.

. Os pacientes recebem orientações nutricionais: os alimentos são considerados agentes fundamentais na promoção de doença e saúde.

. O impacto das influências sociais no processo de adoecimento e na saúde é considerado e incluído no plano de tratamento.

. As influências ambientais no processo de cura e na saúde são abordadas, investigadas e consideradas no plano de tratamento.

. O plano de tratamento é compartilhado e integrado entre todos os profissionais de saúde envolvidos.

. A cada paciente é desenvolvido um plano de tratamento individualizado, baseado em suas demandas e necessidades.

. A promoção de saúde e a prevenção são enfatizadas no plano de tratamento.

. Todas as abordagens terapêuticas, profissionais de saúde e disciplinas são consideradas.

 

O que é a ABMVI?

Uma entidade sem fins lucrativos que visa contribuir para o Desenvolvimento Científico, Tecnológico e Cultural das diversas áreas que a abrangem, realizando parcerias em projetos diversos com Universidades, Institutos de Pesquisa, Sociedades, Associações, entre outras, estimulando a pesquisa e lutando pelo ensino integrado. Saiba mais!

compartilhe esta notícia
Outras noticias
  • Escritório Comercial
    Alameda Santos, 1470 - sala 301/302
    Cerqueira Cesar São Paulo/SP - cep 01418-100
    CNPJ 11.650.988/0001-50
  • 0800 775 1717
BOTICA PETS. Todos os direitos reservados