X

Bate-papo com VET: Thiana Tanaka sobre microfisioterapia para pets

Conversamos com a médica veterinária Thiana Tanaka sobre microfisioterapia para pets. Saiba como funciona essa terapia para os peludos!

 

 

1. O que é Microfisioterapia?

É uma técnica de terapia manual francesa na qual, através de mapas e palpações específicas, conseguimos identificar e desbloquear memórias celulares. Essas memórias podem ser de origem física, química, ambiental ou emocional que, ao longo do tempo, vão sendo acumuladas no organismo e causam uma cicatriz celular. Essas cicatrizes causam desvitalização celular e, consequentemente, uma desvitalização tecidual. E aí o organismo adoece.  A alteração no estado de saúde pode ocorrer no físico, no emocional ou comportamental. Quando aplicamos a técnica de microfisioterapia no paciente possibilitamos que o organismo tente promover, mais uma vez, a autocura.

Tanto o organismo dos seres humanos quanto dos animais são capazes de promover a autocura, caso contrário ficaríamos doente sempre. A doença acontece quando a agressão é maior que a capacidade de defesa do organismo. Ao liberar essas memórias, nós permitimos que o organismo processe novamente e tente eliminar essas agressões, promovendo sua autocura. Por isso chamamos a microfisioterapia de processo de "faxina" no corpo, pois ao serem liberadas as memórias acumuladas, o corpo processa a informação e tenta se defender.

 

2. Como funciona a microfisioterapia para pets?

Conforme as memórias celulares forem sendo eliminadas do organismo, vamos observar a melhora nas condições física, emocional e comportamental do paciente. Na minha rotina é muito comum o tutor chegar com uma determinada queixa em relação à saúde do animal e, após uma sessão de microfisioterapia, relatar benefícios em outros aspectos. Isso porque as memórias que foram identificadas e desbloqueadas durante a sessão não estão relacionadas apenas às queixas que o tutor me trouxe. É o que está disponível naquele organismo durante a sessão.

Então a capacidade de melhora de um paciente em relação à queixa apresentada, está na capacidade que o organismo consegue processar e eliminar. Então, quanto maior a "faxina" que o corpo conseguir fazer, melhores serão os resultados. 

 

3. Quais os benefícios?

O maior benefício que a técnica de microfisioterapia traz para o corpo é permitir que o corpo trabalhe da maneira mais saudável possível. A partir do momento que estas memórias, de origem física, emocional ou química forem eliminadas, o corpo consegue trabalhar mais harmonicamente, mantendo o estado de saúde por muito mais tempo. 

 

4. Essa técnica pode ser associada a outras como o uso de nutracêuticos?

A microfisioterapia pode sim ser associada a outras fisioterapias assim como com tratamentos da medicina convencional. No caso das terapias naturais, é ideal realizar as técnicas em dias diferentes porque, conforme vão sendo liberadas as memórias com a microfisioterapia, o corpo já processa essas informações. Então é muito comum que o animal queira dormir durante a sessão ou longo depois. Isso porque há um gasto energético muito grande no processamento da informação.

Então, o ideal é deixar o animal descansar para que o corpo possa processar tudo isso. Fazer várias técnicas ao mesmo tempo pode sobrecarregar o corpo do animal e não permite que o corpo trabalhe como deveria. É como um computador: quanto mais telas e programas abrimos, mais lento ele responderá. O organismo é a mesma coisa. No caso da medicação alopática, quando o paciente está em tratamento, não se deve mexer na medicação mas, depois de passar na sessão de microfisioterapia, é comum ocorrer a redução da medicação ou deixar de utilizá-las.

 

5. Em quais casos pode ser usada para os pets?

Pode ser realizado em qualquer espécie ou idade. Dos novos aos idosos. O fato da microfisioterapia liberar as memórias celulares e permitir que o corpo promova a autocura, é indicada para qualquer alteração de estado de saúde, seja física, química ou comportamental. Vejo muitos casos de alergia atópica, insuficiência renal, cistite, tumores, ansiedade de separação, agressividade, medos e fobias, dificuldade de socialização e até luto.

Já recebi muitos animais em luto pelo falecimento do tutor ou outro animal da casa. Então, a microfisioterapia age no animal como um todo. Como eu disse, as memórias liberadas não são apenas as trazidas pelo tutor, mas todas identificadas na sessão. E isso traz uma melhora no aspecto geral do indivíduo.

 

Thiana Tanaka é médica veterinária, pós-graduada em Biofísica Quântica e Biorressonância Aplicada à Saúde, Fisioterapia Veterinária, Acupuntura Veterinária, Alinhamento Energético, Microfisioterapia Veterinária, Massagem Chinesa – Tui Na,  e Thetahealing.

compartilhe esta notícia
Outras noticias
  • Escritório Comercial
    Alameda Santos, 1470 - sala 301/302
    Cerqueira Cesar São Paulo/SP - cep 01418-100
    CNPJ 11.650.988/0001-50
  • 0800 775 1717
BOTICA PETS. Todos os direitos reservados